Paleodiário

Artigo traduzido por Hilton Sousa. O original está aqui.

por Maria da Cruz

imagem12-02-2019-20-02-13 imagem12-02-2019-20-02-13[/legenda]

A maioria das pessoas nunca ouviu falar de homocisteína, e isto é um escândalo.

Não é um aminoácido chamado homocisteína circulante no sangue, níveis elevados são considerados um fator de risco para o desenvolvimento de demência. Reduzindo a homocisteína é fácil. A parte mais difícil é descobrir isso.

Não é nenhum segredo, e não é medicina “alternativa”: existe uma grande quantidade de literatura científica que descreve a ligação entre a homocisteína e a demência.

Mas, apenas na literatura, onde esta informação é principalmente.

Como elevados de homocisteína (Hcy) pode danificar as paredes dos vasos sanguíneos, também é um fator de risco para a doença cardíaca e acidente vascular cerebral e alguns outros problemas crônicos de saúde.

É surpreendentemente fácil para reduzir os níveis sanguíneos de Hcy, reduzindo assim as chances de desenvolver a demência e outras condições associadas com aminoácidos. Você só precisa de uma ingestão regular de certas vitaminas do complexo B, nomeadamente, a vitamina B12 (cobalamina), ácido fólico (B9) e vitamina B6 (piridoxina).

“A concentração plasmática de homocisteína podem ser reduzidos pela administração da dieta de vitamina B.”

(Smith et al 2010)

O que é homocisteína?

A Hcy é criado durante o metabolismo, o que converte o aminoácido metionina para cisteína. Este processo é regulado pelo trio de vitaminas do complexo B, função como co-fatores.

Apesar de hiper-homocisteinemia (Hcy de alta) pode ser causado por um defeito genético raro, na grande maioria das pessoas no nível de Hcy atual é determinado pela quantidade dessas três vitaminas do complexo B na dieta.

A homocisteína e o encolhimento do cérebro

Uma das características de demência é a atrofia do cérebro, em que as partes do cérebro começam a encolher.

A Hcy é envolvido na atrofia do cérebro, afetando o hipocampo, em particular. Esta é a área do cérebro mais importante para a memória. A maior Hcy, maior o nível de atrofia, como evidenciado por ressonância magnética em idosos.

Há algum relaxamento do cérebro é normal com o envelhecimento, mesmo em pessoas que não têm deficiência cognitiva. É a velocidade da atrofia que é importante, que sendo uma indicação de que algo está errado.

No comprometimento cognitivo leve (CCL) é considerada como pré-demencial, e que é quando a atrofia começa a se desenvolver e, em seguida, acelerar, na medida em que a MCI se transforma em doença de Alzheimer.

imagem12-02-2019-20-02-13 imagem12-02-2019-20-02-13[/legenda]

O efeito da vitamina B

Talvez o estudo mais conhecido sobre a relação entre vitaminas e Hcy e B é o teste VITACOG. 2010 o presente estudo foi realizado por pesquisadores da Universidade de Oxford, no Reino Unido, e publicado nos Anais da Academia Nacional de Ciências dos Estados unidos da América.

Este estudo randomizado, duplo-cego, descobriu que o suplemento de vitamina B de alta dose diminuiu significativamente a taxa de declínio cognitivo. Um grupo de 168 pessoas com CCL, metade recebeu B12 (0,5 mg), ácido fólico (0,8 mg) e B6 (20mg), e a outra metade recebeu placebo, por um período de 2 anos. Todos eles fizeram exames de ressonância magnética craniana no início e no final do período de 2 anos.

No final do estudo, verificou-se que o grupo de vitaminas do complexo B, foi de 53% inferior Hcy do que o grupo placebo. Eles também têm uma pontuação significativamente melhor em testes de memória e função cognitiva. Aqueles que receberam um placebo, por outro lado, tiveram um aumento significativo nos níveis de Hcy, durante o período de 2 anos.

Os pesquisadores concluíram que:

“A rápida taxa de encolhimento do cérebro em idosos com comprometimento cognitivo leve, pode ser reduzida pelo tratamento com vitaminas do complexo B para reduzir a homocisteína”.

Obter suas vitaminas do complexo B aqui!

  • B12: ostras, sardinha, caranguejo, salmão, carne, bacalhau, cordeiro, carne de porco, fígado, frango, ovos, queijo
  • B9 (ácido fólico): espargos, beterraba, couve de bruxelas, amendoim, grão-de-bico (e outras leguminosas), espinafre, brócolis (e outras folhas verde-escuras), alcachofra, avelãs, vaca
  • B6 (Piridoxina): frango, salmão, atum, turquia, batata-inglesa, batata-doce, lentilha, feijão, amendoim, castanha de caju, pistache, couve-de-bruxelas

Há alguns pontos a serem observados na fonte e a disponibilidade de vitaminas do complexo B para reduzir a homocisteína.

A vitamina B6 é encontrada em muitos alimentos, e a deficiência é uma questão fácil para a maioria das pessoas, apesar de os idosos são considerados um grupo mais vulnerável.

A falta de B12 e folato , que é mais provável, no entanto, e esses são os únicos que perceberam, por causa do déficit de ambos, é frequentemente encontrada em pacientes com desordens neurológicas e psiquiátricas.

Se o nosso objectivo é garantir uma oferta suficiente de todas as três vitaminas, tenha em mente que a melhor fonte de alimentos naturais e menos processados. Note que os grãos – trigo, milho, cevada, arroz – não aparecem na tabela, apesar do fato de que eles são alimentos básicos que são amplamente consumidos. Estes são os alimentos que são baixos em nutrientes, em geral, e não confiável.

imagem12-02-2019-20-02-14 imagem12-02-2019-20-02-14[/legenda]

Para obter uma boa fonte de ácido fólico (chamado de ácido fólico quando na forma de suplementos), é necessário assegurar o fornecimento regular de legumes madeira disse. O meu conselho é comer uma porção de cada dia, e comê-lo cozido, porque o cozimento libera mais nutrientes.

A última grande lição da tabela acima é que você tem que comer alimentos de origem animal para receber qualquer vitamina B12, fazendo com que esta vitamina com mais complicado do trio. Ele só é produzida no intestino dos animais, por bactérias e, em seguida, migrar a partir do intestino para os músculos. Uma vitamina solúvel em água, B12 é muito importante para o cérebro e sistema nervoso, a formação de células vermelhas do sangue e DNA.

Os efeitos da deficiência de vitamina B12

Nenhuma surpresa, problemas de memória e retardar os processos mentais são títulos/43208462/Cognitive_impairment_and_vitamin_b12_a_r20160229-30707-1e60bzp.pdf?AWSAccessKeyId=AKIAIWOWYYGZ2Y53UL3A&Expires=1535545478&Signature=28ANfWsEG62EW6oozqZULwIchoc%3D&response-content-disposition=inline%3B%20filename%3DCognitive_impairment_and_vitamin_b12_a_r.pdf’ target=’_blank’>problemas de saúde mental são mais frequentemente associados com deficiências dessas vitaminas. A doença de Alzheimer, demência vascular e doença de Parkinson é também associado com baixos níveis.

Existem dois grupos de pessoas com maior probabilidade de ser deficiente em B12: não-comedores de carne, especialmente os veganos e os idosos.

Embora os vegetarianos consomem laticínios e ovos, a quantidade de vitamina B12 é bastante baixa nestes alimentos, e a taxa de absorção também não é grande. No entanto, eles ainda tendem a ter maiores níveis de B12 que os veganos, que não comer produtos de origem animal.

Se você é vegetariano ou vegan, é essencial que você tomar suplementos de vitamina B12. Mas, se você tiver mais de 60 anos, você também pode estar em risco. Idosos com deficiência de vitamina B12 são mais propensos a sofrer encolhimento do cérebro ou diminuição do volume do cérebro, o que pode levar ao comprometimento cognitivo.

Estima-se que 10% a 15% das pessoas com mais de 60 anos de idade e tem deficiência de vitamina B12. Este défice é atribuído à alta prevalência de atrofia gástrica, entre os idosos. Atrofia de gástrica é uma condição que ocorre quando o estômago fica inflamado, geralmente como resultado de uma infecção causada pela bactéria Helicobacter pylori. O resultado é de má absorção.

Outras causas de deficiência de vitamina B12 incluem anemia perniciosa, fumar, e certos medicamentos, especialmente metformin e antiácidos.

Devido a falta desta vitamina pode levar vários anos para se tornar aparente. Isso acontece porque os adultos no corpo armazena B12-o suficiente para durar de 3 a 5 anos, embora a deficiência pode surgir em apenas um ano, se as lojas estão baixo para começar.

Mais grave deficiência provoca lesões irreversíveis do cérebro e do sistema nervoso e pode levar à demência e desmielinização. A desmielinização é a degradação da bainha de mielina, o revestimento de protecção em torno de células nervosas.

Todas as três vitaminas do complexo B, têm uma estreita relação com a metabólica, e o regulamento de Hcy depende de um consumo regular de três.

Qual o grande segredo?

Não há nenhum medicamento que pode reduzir a Hcy muito – esta é provavelmente a razão pela qual a maioria das pessoas que nunca ouviram falar dele. Como sempre, você só precisa seguir o dinheiro. Neste caso, não.

O médico e o autor escocês, Malcolm Kendrick, chama isso de falta de interesse médico em um “silêncio ensurdecedor”. Como ele explica sucintamente:

“As vitaminas não pode ser patenteado; Portanto, qualquer margem de lucro é insignificante demais para ser de interesse. O que significa que não haverá financiamento da indústria farmacêutica para apoiar mais pesquisas sobre a vitamina b. ”

Este é o resumo da ópera.

Teste de homocisteína

É ultrajante que a homocisteína não é muito conhecida, e também escandaloso que os exames de sangue não são rotineiramente recomendada. Para determinar o seu estado de Hcy é tão fácil como um simples exame de sangue que você pode fazer em casa.

Se você estiver no reino Unido, não espere que o seu médico organiza um teste para você. (Apesar de que você sempre pode perguntar!) Sua alternativa é a de organizar um determinado teste. Para mais detalhes de como fazer isso, consulte o York Laboratórios ou Genova de Diagnóstico . Abaixo está um modelo de relatório no Iorque Laboratório. Como você pode ver, é bastante simples.

imagem12-02-2019-20-02-14 imagem12-02-2019-20-02-14[/legenda]

Em 180mg/dl – melhores níveis de

180-270mg/dl em risco

270 300mg/dl – alto risco

Maior que 300mg/dl – muito alto risco

Se você estiver fora do reino Unido, consulte o seu médico, ou dar uma olhada no site de Genova Diagnóstico.

A alta de homocisteína é altamente prevalente e facilmente tratável. No entanto, apesar do tratamento com vitaminas do complexo B podem reduzir a taxa de encolhimento do cérebro em pessoas com níveis elevados de Hcy, o tratamento parece ser eficaz, pouco antes de a demência tomou contraeles.

“O tratamento é mais benéfica para aqueles que têm o encolhimento do cérebro ainda não atingiu níveis críticos e aqueles que ainda não têm demência.”

(De Jager)

Mas, por que esperar até desenvolver a pré-demencial no comprometimento cognitivo leve? Mudanças na dieta que garantir um fornecimento consistente e muitos dos nutrientes no cérebro, incluindo o trio em B, eles são fáceis de aplicar e devem formar um hábito para a vida.

Alta Hcy não é, de qualquer forma, o link só da dieta e da demência no entanto, é claramente muito importante.

As últimas palavras

Há esperança. Só este ano (2018), o Jornal da Doença de Alzheimer publicado uma Declaração de Consenso, que foi a conclusão de um painel de peritos, depois de examinar toda a pesquisa. Eles afirmam:

“Concluímos, a partir da análise dos resultados que foram publicados… que o aumento da mortalidade é um forte fator de risco e um editável comprometimento cognitivo e demência.”

(Smith et al 2018)

Os pesquisadores concluem afirmando que a seleção de Hcy aumento total deverá ser realizada na clínica na memória, e que as pessoas que têm níveis elevados, devem receber suplementos de vitaminas do complexo B. Aparentemente, isso é algo que já acontece na Suécia.

Vamos esperar que o resto do mundo vem em breve.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIETA DR. REY - CURSO 100% ONLINE

EMAGREÇA SAUDÁVEL
SEM FAZER LOUCURAS!

Tenha resultados e aprenda os segredos do Dr. Rey
para um corpo forte e uma saúde dos sonhos
close-link